O que a Glutamina tem em comum com o Whey protein quase todo mundo sabe, aumento do desempenho no treino, e melhora a capacidade de recuperação no pós-treino.

A glutamina é o aminoácido com maior presença no tecido muscular, e justamente por causa disso, tomá-la em forma de suplementação acaba por colaborar com o índice de glutamina já existente, portanto sempre acontece uma melhora bastante significativa do conjunto.

O Whey, por se tratar principalmente da proteína do leite, é mais completo e libera enzimas que ajudam até mesmo no aumente da imunidade; e não tem o resultado focado em uma única função.

Diferença entre Glutamina e Whey Protein

·         Glutamina: a glutamina aumenta a síntese proteica que é nada mais que a capacidade do seu corpo quebrar e assimilar as proteínas, transformando-as em aminoácidos, principalmente durante exercícios de alto impacto ou em treinos muito fortes, onde os músculos precisam de proteína durante as atividades e a glutamina é indispensável para evitar a catabolismo.

·         Whey protein: basicamente se trata da proteína do soro do leite, e ganha o título de aminoácido essencial porque não é fabricado pelo corpo mas tem todas as propriedades necessárias para o desenvolvimento saudável do seu organismo e ainda por cima combate ao estresse e é de fácil absorção.
É comum perceber nos rótulos de whey que quase sempre o nome glutamina está entre os primeiros itens da composição geral, mesmo assim fique atento as melhores marcas de whey já tem glutamina? Sim, mas a glutamina do whey é a quase sempre a chamada glutamina peptídeo, ou seja não se trata exatamente da glutamina isolada que existe nos complementos exclusivamente feitos à base desse aminoácido

Resultados do Whey e da glutamina

No quesito apresentação de resultados a glutamina é algumas vezes melhor do que o whey, simplesmente porque o whey é mais completo e age em várias áreas ao mesmo tempo espalhando os seus benefícios de forma geral.

Mas antes de qualquer coisa vale considerar o seu foco e qual é o seu objetivo. Uma vez que ambos são complementos muito completos e eficazes é necessário avaliar qual deles atende melhor as necessidades específicas que você tem.

O whey é muito mais saudável, enquanto que a glutamina tem função anabólica (promove o crescimento muscular), mas nem por isso se trata de uma ação química, na verdade grande parte desse crescimento muscular vem do aumento do acúmulo de água dentro das células.

Suplementos e a sua saúde

Por mais inofensivos que os suplementos possam parecer, é indispensável fazer uma consulta médica antes de começar a tomar glutamina ou whey protein.

Afinal, talvez exista alguma predisposição á alergias ou doenças de alguma complexidade importante que por ser silenciosa tenha passado despercebida, por isso não tome nunca, em nenhuma hipótese, qualquer tipo de suplementação sem se consultar um profissional e fazer todos os exames necessários.

E Também não se esqueça de que os seus resultados dependem muito mais da sua dedicação do que da suplementação em si.

Não faça dietas restritivas ou exclusivamente a base de suplementos, isso sobrecarrega o seu sistema metabólico e pode causar diversas complicações cardíacas e de cunho renal.

Agora que você já sabe que a glutamina e o whey protein podem ser ótimos meios de alcançar os seus objetivos, não se esqueça de se dedicar ainda e mais e contar para nós qual é o seu suplemento preferido.